Mapa mantém padrão de contagem bacteriana do leite

Valores de referência foram prorrogados por mais um ano no Sul, Sudeste e Centro-Oeste

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou nesta segunda-feira, 2, a Instrução Normativa 31, que prorroga por mais um ano os padrões de Contagem Bacteriana Total e Contagem de Células Somáticas presentes no leite cru refrigerado. Com isso, ficam mantidas as 500.000 cel/ml e 300.000 UFC/ml para Contagem de Células Somáticas e Contagem Bacteriana Total, respectivamente, para a produção leiteira das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

No dia 10 de janeiro, foi instituído Grupo de Trabalho responsável por revisar e apresentar propostas de melhorias para os regulamentos técnicos que fixam a identidade e as características de qualidade que devem apresentar o leite cru refrigerado, o leite pasteurizado e o leite tipo A. Também cabe ao grupo apresentar sugestões à proposta de nova Instrução Normativa estabelecendo critérios e procedimentos para a produção, acondicionamento, conservação, transporte, seleção e recepção do leite cru em estabelecimentos registrados no serviço de inspeção federal.

O prazo de consulta pública encerrou em 25 de junho e os integrantes do GT estão avaliando as propostas encaminhadas. Assim que as novas normas forem publicadas, esta IN 31 e as demais referentes ao assunto serão revogadas.

Fonte: Mapa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

DNA de gestora

Quem observa a médica veterinária Carine Letícia Schneider Faifer (29 anos) em frente a uma das poucas escolinhas infantis de Chapadão do Céu (cidade goiana

Uma jovem pioneira

Aos 21 anos, Maria Vitória Faé Proença já é pecuarista famosa em Santa Catarina. Ela é dona da Fazenda Vitória, em Rio das Antas (207

Que modelo sucessório adotar?

Não são poucas as dúvidas das famílias rurais quando o assunto é sucessão. Além da delicadeza da questão, definir qual modelo adotar não é tarefa

Fechar Menu
×

Carrinho