Menu
Menu

Mapa rebate críticas da Abrafrigo a requisitos de exportação para China

Segundo a Abrafrigo, regras favorecem grandes frigoríficos em detrimento de pequenos produtores

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou nota na última quinta-feira respondendo às críticas feitas pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) aos critérios adotados pela pasta para habilitação de empresas para exportação de carne à China. Com viagem oficial à Ásia agendada para a próxima semana, o Mapa incluiu a exigência de que os frigoríficos a serem apresentados para as autoridades chinesas possuam autorização para atender a União Europeia. Segundo a pasta, a medida atendeu a um pedido das autoridades chinesas.

+Abrafrigo critica lista a ser apresentada a importadores chineses
+Tereza Cristina: China deverá fazer visita ao Brasil em breve
+China vai discutir importação de carne brasileira em maio

“É entendimento do Mapa que as negociações com as autoridades chinesas devem ser iniciadas atendendo-se ao pleito da GACC (General Administration of Customs China), isto é, que sejam “incluídos apenas questionários de estabelecimentos que já estejam habilitados para a UE”, disse a pasta em nota. Ainda de acordo com o Ministério da Agricultura, “manifestações feitas por associações sobre o assunto refletem interesses específicos e devem ser entendidas dessa forma”.

Segundo a Abrafrigo, a medida favorece grandes frigoríficos em detrimento de pequenos produtores. “A Abrafrigo contesta veementemente esta situação e roga ao Mapa que priorize os frigoríficos que foram auditados, ainda não habilitados e outros que estavam aguardando mediante o critério de amostragem que vigorou até agora”, defendeu a entidade em nota.

Em seu posicionamento, contudo, o Mapa se defende. Afirma que ” trabalha pensando no interesse nacional e não no de empresas específicas, sejam elas pequenas, médias ou grandes” e que “o tratamento dispensado a todas é o mesmo”, respeitando o princípio da isonomia e da transparência.

“Todas as empresas que cumpram os requisitos sanitários serão objeto de negociação com autoridades chinesas com vistas à eventual habilitação”, concluiu o ministério.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho