Marfrig realiza o primeiro embarque de carne para o Japão

Carga inclui uma grande variedade de hambúrgueres e cortes refrigerados que serão comercializados pela National Beef

Por meio de suas unidades no Uruguai, a Marfrig Global Foods fez o primeiro embarque de produtos com destino a Tóquio, no Japão. A carga engloba uma grande variedade de hambúrgueres e cortes refrigerados que serão comercializados pela National Beef, a principal exportadora de carne resfriada dos Estados Unidos para o Japão e que integra a operação da companhia na América do Norte, informou a nota.

+Marfrig Uruguai é habilitada a exportar carne para o Japão

Com duas fábricas de hambúrgueres localizadas nas cidades de Colonia e Tacuarembó, no Uruguai, a companhia é líder no mercado de carne bovina do país. Segundo o comunicado, a empresa possui capacidade de produção de 500 toneladas por mês desse produto e é fornecedora certificada global das principais redes de fast food internacionais.

A Marfrig também exporta outros produtos industrializados para o mercado japonês, como extrato de carne produzido na unidade de Fray Bentos e Jerky Beef, snack de carne bovina muito popular nos Estados Unidos e no Japão.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

DNA de gestora

Quem observa a médica veterinária Carine Letícia Schneider Faifer (29 anos) em frente a uma das poucas escolinhas infantis de Chapadão do Céu (cidade goiana

Uma jovem pioneira

Aos 21 anos, Maria Vitória Faé Proença já é pecuarista famosa em Santa Catarina. Ela é dona da Fazenda Vitória, em Rio das Antas (207

Que modelo sucessório adotar?

Não são poucas as dúvidas das famílias rurais quando o assunto é sucessão. Além da delicadeza da questão, definir qual modelo adotar não é tarefa

Fechar Menu
×

Carrinho