Mato Grosso abate 16% mais bovinos em novembro ante outubro, afirma Imea

A categoria entre 12 e 24 meses foi a que teve maior avanço no total de abates no mês passado

O abate de bovinos em Mato Grosso foi 16% maior em novembro deste ano em comparação com outubro, informou o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), em relatório.

O número total de gado abatido alcançou no mês passado 448,19 mil cabeças.

Segundo o instituto, o avanço foi ocasionado pela maior oferta de bovinos confinados no Estado, ao contrário do que se previu após a suspensão das exportações de carne bovina para a China.

Em novembro, conta o Imea, “houve muitos relatos de produtores retendo seus animais no pasto, principalmente no início do mês, em que a arroba esteve em baixos patamares”.

A queda foi justamente devido ao corte na demanda chinesa.

VEJA TAMBÉM | Exportações totais de carne bovina caíram 47% em novembro, diz Abrafrigo

A categoria de bovinos entre 12 e 24 meses foi a que teve maior avanço no total de abates em novembro, subindo 30% ante outubro.

“Vale destacar que este aumento não é algo pontual, mas uma mudança de mercado já estruturada no Estado”, diz o Imea. “No acumulado de janeiro a novembro de 2021, essas categorias corresponderam a 26% do total abatido, enquanto 48% foram de animais entre 24 e 36 meses.”

Algodão – O Imea reafirmou na terceira estimativa para a safra de algodão 2021/22 em Mato Grosso área de 1,10 milhão de hectares, 14,7% superior à da safra 20/21. O plantio começa nos próximos meses.

“Com o fim da semeadura antecipada da soja nesta safra, o otimismo quanto a janela ideal do algodão segunda safra tem se confirmado. A perspectiva de um maior porcentual de áreas semeadas dentro do período ideal do Estado pode se refletir na diminuição dos riscos quanto a produtividade aguardada e, com o preço da pluma futura atrativa neste período, a decisão do produtor em cultivar mais algodão nesta temporada ficou favorável”, disse o Imea em nota.

A produção é estimada em 4,77 milhões de toneladas de algodão em caroço e 1,96 milhão de toneladas de pluma.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.