Mercado do boi gordo segue com poucos negócios

Cenário é reflexo da baixa oferta gado terminado e dificuldade de escoamento da carne
Foto: Scot Consultoria

O ritmo lento das negociações mantém os preços da arroba estáveis em várias praças do país. Naquelas em que houve ajustes, as oscilações foram pequenas.

Isso porque sem o motor do consumo interno ajudando a impulsionar as cotações, o mercado fica amarrado entre a comedida oferta de bois e a dificuldade de escoamento da carne.

Continue a leitura após o anúncio

Em São Paulo, as ofertas de compra não estão alinhadas, o que sinaliza que os frigoríficos estão adotando estratégias diferentes.

Alguns mais cautelosos estão com escalas prontas até a quarta semana do mês, isso porque devido ao alto grau de incerteza e especulação acerca dos preços do boi para as próximas semanas (quando historicamente há recuperação de preços), eles optam por se “protegerem”.

Outras indústrias apostam na mantença da oferta de animais terminados no decorrer do mês e preferem não trabalhar com escalas maiores que três, quatro dias.

De qualquer maneira, as ofertas de compra não são intensas. Diante disso, em pleno período de sazonal alta nos preços, o cenário, por ora, é de mercado frouxo, aguardando o aquecimento do consumo.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Relacionado

Conteúdo original Revista DBO