Mercado enfrenta apagão de bezerros e bezerras

O Indicador Cepea do Bezerro mostra que a reposição está cada vez mais valorizada, pendendo a balança para a cria

A baixa disponibilidade de bezerros e bezerras, devido ao abate excessivo de fêmeas nos anos anteriores, continua provocando lacunas de oferta de animais jovens, emplacando forte trajetória de alta nos preços dos animais de reposição, informa a consultoria IHS Markit.

O Indicador Cepea do Bezerro (praça MS) alcançou o patamar de R$ 2.050 por animal, na quinta-feira (13/8), o que significa um forte avanço nominal de quase 60% sobre o preço registrado há um ano, de R$ 1.292, de acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Continue a leitura após o anúncio

Neste contexto, mesmo com a firmeza nas cotações do boi gordo registrada ao longo das últimas semanas, os pecuaristas de recria e engorda ainda enfrentam dificuldades para fazer a recomposição dos plantéis, se posicionando comedidos nos negócios, observa a IHS Markit.

Além disso, os preços da ração operam em níveis firmes, guiados principalmente pela desvalorização cambial e os patamares mais altos dos grãos, o que também encarece a atividade de engorda.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO – Saindo na frente

Confira a edição de setembro, que traz o “Especial de Genética e Reprodução” com 7 reportagens exclusivas, além de outras 21 reportagens e análises sobre o mundo da pecuária

Revista DBO – Saindo na frente

Confira a edição de setembro, que traz o “Especial de Genética e Reprodução” com 7 reportagens exclusivas, além de outras 21 reportagens e análises sobre o mundo da pecuária

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO