México suspende tarifas de importação para carne de frango, diz ABPA

A medida é válida para países que, como o Brasil, tenham constituído acordo sanitário com as autoridades mexicanas

A Presidência da República do México publicou hoje (16) um decreto que suspende as tarifas para a importação de carne de frango para nações que tenham estabelecimentos habilitados a exportar o produto para aquele país.

A medida é válida para países que, como o Brasil, tenham constituído acordo sanitário com as autoridades mexicanas.

A abertura do mercado contempla diversos produtos de aves e vigorará pelo prazo de um ano. Não há, desta vez, o estabelecimento de cotas, como tem ocorrido nos últimos anos com as importações provenientes do Brasil.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, os exportadores brasileiros de carne de frango têm aumentado sua relevância entre os parceiros pela segurança alimentar do México.

VEJA TAMBÉM | Em abril, exportação total de carne de frango cresce 34,6% em receita, diz ABPA

Com o anúncio feito pelo governo do país da América do Norte, espera-se que o país reforce esta posição.

“O Brasil tem complementado a demanda mexicana por carne de frango, colaborando com a indústria local, como em outras oportunidades. Neste contexto, é esperado que nosso país possa aumentar os volumes para este destino”, analisa Santin.

De acordo com os dados da ABPA, o México é o atual oitavo maior importador de carne de frango do Brasil. Entre janeiro e abril, o país importou 58,5 mil toneladas, número 128,6% em relação ao mesmo período de 2021, com 25,6 mil toneladas.

Fonte: Ascom ABPA

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.