Minerva quadruplica prejuízos em 2018

No quarto trimestre, porém, os resultados financeiros apresentaram recuperação, informou a empresa
Foto: Flickr.

 

A Minerva Foods teve prejuízo líquido de R$ 1,26 bilhão em 2018, quase quatro vezes acima das perdas registradas no ano anterior, de R$ 280,7 milhões, informou a companhia ao mercado. Segundo a empresa, os resultados negativos no ano passado foram afetados pelo impacto da variação e do hedge cambiais.

Porém, no quatro trimestre de 2018, o prejuízo líquido da companhia sofreu redução no comparativo anual, caindo para R$ 92,1 milhões, 70,6% abaixo das perdas verificadas em igual período de 2017.

A empresa conseguiu também elevar a receita líquida em 15,5% no ano passado, para R$ 16,2 bilhões, na comparação com o resultado obtido em 2017.

No quarto trimestre do ano, a Minerva ainda conseguiu reduzir o índice de alavancagem (relação entre dívida líquida e o Ebitda, sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), graças ao aumento de capital de R$ 1 bilhão e à geração de caixa livre de mais de R$ 300 milhões, informou.

O Ebitda ajustado da companhia somou R$ 462,8 milhões no quatro trimestre de 2018, com crescimento de 27,4% em relação aos R$ 362,4 milhões registrados em igual período de 2017. Com isso, a margem Ebtida ajustada passou de 9,2% para 10% no mesmo período de comparação, enquanto a receita líquida teve aumento de 16,3%, para R$ 4,6 bilhões.

O volume total de abates da Minerva subiu 23,6% em 2018, para 3,4 milhões de cabeças, em relação ao volume registrado no ano anterior, impulsionado principalmente pela adesão dos negócios na América do Sul.

A Minerva liderou as exportações de carne bovina na América do Sul no ano passado, com 21% dos embarques. A empresa foi responsável por 7% das exportações globais de carne bovina em 2018.

Plano de expansão – Ao longo de 2018, a Minerva consolidou a integração dos frigoríficos adquiridos da JBS na América do Sul em 2017, além de ter colocado em prática o plano para acelerar a desalavancagem financeira e constitui a subsidiária Athena Foods, que busca integrar os negócios da companhia na América do Sul (empresa que congrega as operações e ativos no Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile e Colômbia).

“Encerramos mais um ano desafiador em nossa história”, disse o presidente da Minerva, Fernando Galletti de Queiroz, em mensagem divulgada ao mercado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

Fechar Menu
×

Carrinho