Morre em Alagoas o criador Fernando Coutinho

Titular da Fazenda Curral de Cima, Fernando foi referência e se destacou na seleção e melhoramento genético de bovinos e equinos


O pecuarista Fernando Villar Coutinho faleceu na manhã desta quarta-feira, 1º de julho, em sua Fazenda Curral de Cima no município de Igreja Nova, no Estado de Alagoas, onde foi sepultado como ele queria, em cerimônia restrita aos familiares.

Fernando Coutinho, que morreu aos 82 anos, de causas naturais, foi uma referência na pecuária brasileira. Acumulou grande experiência e se destacou na seleção e melhoramento genético de bovinos das raças Nelore, Nelore Mocho, Girolando e Gir, além de equinos Mangalarga Marchador e Quarto de Milha e ovinos Santa Inês.

Continue a leitura após o anúncio

Animais selecionados do rebanho da Fazenda Curral de Cima foram premiados em eventos nacionais e formaram plantéis de diversos criatórios. Além disso, o tradicional “Leilão de Curral de Cima” era reconhecido como o mais antigo em Alagoas, sempre com casa cheia e exemplares de alta qualidade genética.

Fernando produziu em sua fazenda o touro Nelore Mocho Siso de FC, filho de Ludy de Garça e grande campeão nacional da ExpoZebu 1992. Siso de FC foi negociado à Varrela Agropecuária, que pertencia ao saudoso senador Carlos Lyra.

“Fernando Coutinho deixa um legado de amor ao próximo e à família. Fez acima de tudo bons amigos e se dedicou com amor e determinação à pecuária, levando Alagoas às grandes exposições do Brasil. Agradecemos de coração a todos e pedimos oração por nosso querido pai e avô”, diz nota assinada pelos familiares.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO