Movimentação no Porto de Santos cai puxada por açúcar e milho

No mês que passou 10,7 milhões de toneladas foram movimentadas, 14% menos que em outubro de 2020

Os embarques de açúcar (-44,7%) e de milho (-33,5%) foram determinantes para a queda na movimentação de cargas no Porto de Santos em outubro, segundo a Santos Port Authority (SPA). No mês que passou 10,7 milhões de toneladas foram movimentadas, 14% menos que em outubro de 2020.

Os embarques diminuíram em 19,6% e as descargas, em 0,8%. As operações de contêineres, soja em grãos e fertilizantes, por outro lado, foram destaques na pauta de mercadorias movimentadas no porto santista.

“Somando 412,6 mil TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), a carga conteinerizada cresceu 7,5% no mês, elevando o acumulado do ano para 4,0 milhões de TEU, mantendo um crescimento de dois dígitos (18,3%) e caracterizando-se como as melhores marcas para os dois períodos”, disse a empresa em nota.

Os embarques de soja em grão somaram 218,2 mil toneladas – os embarques já estariam encerrados em outubro como em 2020, destacou o porto. Já as descargas de fertilizantes totalizaram 724,9 mil toneladas no mês passado, crescimento de 12,8%, somando no ano 6,5 milhões de toneladas.

OUÇA 🎧 | Carne bovina na China: quem pagará a conta dos 80 dias de cargas paradas?

A movimentação acumulada no ano somou 123,6 milhões de toneladas, aumento de 0,8% sobre o registrado nesse período do ano passado. As descargas se destacaram com crescimento de 12,9%, somando 36,4 milhões de toneladas. Já os embarques apresentaram redução de 3,5%, atingindo 87,2 milhões de toneladas.

No acumulado do ano, os embarques de soja em grãos a granel cresceram 5,1%, para 22,1 milhões de toneladas, e as exportações de carnes avançaram 4,1%, para 1,4 milhão de toneladas.

“Foram destaque, ainda, os aumentos verificados nos embarques de sucos cítricos (13,8%), óleo combustível (26,4%) e óleo diesel e gasóleo (32,2%), bem como as descargas de fertilizantes (26,6%)”, disse o porto.

Um total de 4.023 navios atracou no Porto de Santos nos 10 primeiros meses deste ano.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.