Menu
Menu

Movimento de queda dos preços do algodão se mantém

Reta final da colheita e maior flexibilidade dos produtores contribuíram para os recuos em agosto

Os preços do algodão em pluma caíram em agosto. Foi o terceiro mês consecutivo de recuos. A pressão veio do avanço da colheita e da maior flexibilidade dos produtores na maior parte do mês. De 31 de julho a 31 de agosto, o Indicador do algodão em pluma Cepea/Esalq, com pagamento em 8 dias, recuou 4,23%. A média do Indicador em agosto foi de R$ 3,2458/lp, 5,13% inferior à de julho/18, mas 23,12% acima da de agosto/17, em termos reais (dados atualizados pelo IGP-DI de jul/18).

No geral, a comercialização esteve enfraquecida em agosto e limitada a pequenos volumes. De um lado, indústrias compraram apenas o necessário para atender a necessidades imediatas, aguardando o avanço da entrega de contratos. De outro, cotonicultores já estavam com boa parte da produção comprometida e, com isso, disponibilizavam no spot apenas volumes que não foram para o atendimento de contratos. Assim, muitos vendedores ficaram atentos à colheita e ao beneficiamento da safra. Já comerciantes estiveram ativos ao longo de agosto, tanto na venda como na compra de pluma. Houve maior liquidez para as negociações futuras, envolvendo a pluma das próximas temporadas para entregas interna e externa. Tradings, atentas ao dólar elevado, efetuaram programações especialmente para a safra 2018/2019.

No começo de setembro, o movimento de queda dos preços perdeu intensidade, mas persiste. De 31 de agosto a 11 de setembro, o Indicador do algodão em pluma Cepea/Esalq, com pagamento em 8 dias, recuou apenas 0,26%, fechando a R$ 3,1811/lp na terça-feira, 11. Conforme colaboradores do Cepea, esse cenário pode estar atrelado ao fraco ritmo de negócios no spot nacional. Enquanto compradores buscam lotes de qualidade a preços menores, vendedores disponibilizam lotes heterogêneos, o que acirra a “queda de braço” entre esses agentes. Comerciantes, por sua vez, estão ativos nas aquisições, no intuito de atender suas programações. No entanto, há dificuldades em “casar” novos negócios, devido à oferta de lotes com qualidade mista.

No campo, a colheita da safra 2017/2018 está praticamente finalizada  e atingiu 99,47% da área plantada em Mato Grosso, segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea). Em igual época do ano passado, os trabalhos de campo chegavam a 99,8% das plantações; na comparação com a média dos últimos cinco anos, de 97,55%, a colheita está adiantada. O Imea projeta a área de algodão em Mato Grosso em 782,9 mil hectares.

Caroço de algodão

Com a maior demanda de pecuarista e de indústrias, vários lotes de caroço de algodão foram negociados em agosto, mas a maioria envolvendo pequenos volumes. O aquecimento na procura por torta e por farelo esteve atrelada ao aumento nos preços dos insumos substitutos. O preço médio do caroço no mercado spot em agosto/18 em Barreiras (BA) foi de R$ 465,43/t, baixa de 1,6% em relação ao mês anterior. Em Primavera do Leste (MT), a queda foi de 6,7% (R$ 379,10/t) e, em Campo Novo do Parecis (MT), de 1,1% (R$ 314,56/t).

Fonte: Cepea.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho