MT aprova alterações no Fethab e taxa agronegócio

Com a reforma, o governo ampliou ainda mais a base de produtos taxados e elevou alíquotas

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso aprovou, na última quinta-feira, o projeto de autoria do governador Mauro Mendes (DEM) para alterar o Fethab (Fundo Estadual de Transporte e Habitação). A aprovação ocorreu cerca de uma semana após o Governo do Estado declarar calamidade financeira, o que já havia sido encarado como um sinal de possível taxação ao agronegócio este ano.

+ Acrimat divulga nota repudiando alterações no Fethab
+ Agronegócio lança manifesto contra sobretaxação do setor
+Entenda o que é Fethab e as mudanças tributárias no MT

Criado em 2000 pela Lei 7.263, o Fethab possuía, originalmente, a missão de arrecadar divisas para investimento em infraestrutura no Estado. Passou por uma reforma cinco anos depois, quando foram dobradas suas alíquotas e criado um Conselho Diretor com regras para utilização dos recursos do fundo prevendo destinação específica para a infraestrutura rodoviária.

Com a reforma, o governo ampliou ainda mais a base de produtos taxados (que passa a incluir carne, milho e cana de açúcar) e corrigiu as alíquotas sobre os produtos já abrangidos pelo Fundo. Segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística do MT, a intenção do Governo é “ampliar a arrecadação estadual e compensar as perdas provocadas pela Lei Kandir, que prevê repasses da União ao Estado a título de compensação pela desoneração do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre as exportações”.

Segundo dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o volume total que o governo do MT pretende arrecadar este ano com os setores da soja, milho, algodão, gado e madeira pode passar dos R$ 971,98 milhões registrados em 2018 para R$ 1,47 bilhão.

O texto ainda aguarda a sanção do governador.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.