Nacional de Simental premia os Grandes Campeões

Mostra deste ano, em Itapetininga, SP, contou com três modelos de julgamentos

Entre os dias 10 e 14 de abril, a cidade de Itapetininga, SP, foi palco da 27ª Exposição Nacional da raça Simental e do gado Simlandês. “Foi uma apresentação excelente que já motiva os criadores a participar dos demais eventos do ano”, reconheceu o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Simental e Simbrasil (ABCRSS), Alan Fraga.

Continue a leitura após o anúncio

No Simental, a Grande Campeã Adulta foi Onória da Sesmaria e a Reservada Grande Campeã, Ripina da 3AB, ambas de Rogério Sawaia. Entre as fêmeas jovens, a Grande Campeã foi Valquíria PPA, de Paulo Procopiak e a Reservada Grande Campeã Viola PPA, do mesmo criador.

Nos machos, o título de Grande Campeão foi Zorro da PPA, de Procopiak e o Reservado Grande Campeão foi Volgan da Schwamfer, de Ubiratã Ferreira. O pecuarista Rogerio Sawaia recebeu o troféu de melhor expositor e Ubiratã Ferreira o melhor criador Simental. As avaliações ficaram a cargo do jurado José Carlos de Souza Passoni.

No gado Simlandês, que organizou sua primeira nacional, a Grande Campeã foi Romênia 2377 da Agrobem, de Roberto Montenegro Neto e a Reservada Grande Campeã foi Seresteira da Fazenda JR, de Rogerio Sawaia. As avaliações foram conduzidas por Flávio Krebs Ramos, que também recebeu homenagens pelos serviços prestados à raça Simental. “Tivemos excelentes animais e percebemos que o Simlandês desperta muito interesse, principalmente, das bacias leiteiras de São Paulo, Minas Gerais e Paraná”, avalia Fraga

Neste ano, a Nacional também teve uma inovação com a primeira avaliação global da raça Simental, um julgamento interativo com jurado oficial Marcelo Gaeta, além de criadores e interessados. A modalidade contou com a inscrição de mais de 40 criadores e interessados que passaram o dia observando e discutindo características da raça. A cada categoria, eles recebiam uma ficha com os dados e faziam sua própria classificação.

“Foi um modelo muito rico, no qual os interessados pela pecuária discutiram características importantes para a produção de carne”, comenta Fraga. Ele ressalta ainda a interatividade, inclusive, com criadores de outras raças que participaram. Na avaliação de Fraga, essa é uma proposta inovadora de julgamento que a raça Simental está construindo e que acredita que deve perdurar nas pistas. “Há necessidade de inovarmos nas pistas também, mas sem esquecer as linhas técnicas que priorizamos”, comentou o presidente sobre o modelo que vem sendo aprimorado.

Nesse modelo, sagrou-se Grande Campeã a fêmea Natureza do Mamado, de Mário Coelho Aguiar Neto; a Reservada Grande Campeã foi Laica do Neto, de Francisco Araújo Mendonça. Nos machos, o título de Grande Campeão foi para Thor da Rodomeu de Carlos Gomes de Oliveira e o Reservado Grande Campeão foi Timbre do Mamado , também de Mário Neto.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO