Oferta de gado confinado nos EUA deve ser 2,8% maior em 2019

Total esperado é de 11,886 milhões de cabeças de gado - o maior número da série histórica, iniciada em 1996

A consultoria norte-americana Allendale prevê uma alta de 2,8% no total de gado confinado nos Estados Unidos no primeiro quadrimestre em relatório que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) vai divulgar na próxima sexta-feira.

+Queda no preço do milho deve elevar confinamento em até 7% no Brasil
+Maior poder de compra deve incentivar confinamento

O total esperado é de 11,886 milhões de cabeças de gado e seria o maior número desde o início da contagem pelo USDA em 1996. As novas cabeças de gado no quadrimestre vão chegar a 1,914 milhão, um aumento de 12,9% em relação a igual período de 2018 e também o maior número desde 1996.

A consultoria afirma que a maior oferta de carne deve reduzir os preços da commodity. Nesta terça-feira, o índice do boi gordo caiu 0,5% na Bolsa de Chicago.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.