OIE informa que 548 novos surtos de peste suína foram notificados

Número total de surtos em andamento subiu para 7.595

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês) informou que 548 novos surtos da peste suína africana (ASF, na sigla em inglês) foram notificados no mundo entre os dias 27 de março e 9 de abril. Com isso, o número total de surtos em andamento subiu para 7.595, sendo 3.440 somente na Romênia e 2.383 no Vietnã.

Dos novos surtos, 483 foram notificados pela Europa. Os dados foram publicados em levantamento quinzenal divulgado nesta sexta-feira. De acordo com a OIE, surtos novos ou em andamento foram registrados em 23 países.

Na Europa, Bulgária, Grécia, Hungria, Letônia, Moldávia, Polônia, Romênia, Rússia, Sérvia, Eslováquia e Ucrânia informaram sobre a incidência da doença. Na Ásia, China, Indonésia, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Laos, Mianmar, Papua Nova Guiné, Filipinas, Timor Leste e Vietnã.

A Rússia é citada na Ásia e/ou na Europa, dependendo do local do foco. Já na África casos foram detectados na Costa do Marfim e na África do Sul. No período de cobertura do levantamento, foram notificadas perdas de 5.024 animais, número bem abaixo do reportado no boletim anterior, de 42.709 animais eliminados.

A maior parte desse número foi observada na Ásia, com 3.963 animais. Na Europa, foram registradas 1.061 perdas, enquanto na África, nenhuma morte animal foi registrada.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Revista DBO | Na vanguarda ambiental

VEJA mais destaques da edição de julho; na capa, Liga do Araguaia entra no “mercado verde”. Alguns produtores já recebem de R$ 250 a R$ 370/ha/ano para manter excedente florestal de pé.

Revista DBO | Na vanguarda ambiental

VEJA mais destaques da edição de julho; na capa, Liga do Araguaia entra no “mercado verde”. Alguns produtores já recebem de R$ 250 a R$ 370/ha/ano para manter excedente florestal de pé.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.