OIE notifica primeiro foco de gripe aviária na Eslováquia e na Hungria

Nos dois países, o vírus identificado foi o H5N8 - considerado altamente patogênico pelos organismos de saúde

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês) notificou a identificação dos primeiros focos de gripe aviária na Hungria e na Eslováquia. Nos dois países, o vírus identificado foi o H5N8 – considerado altamente patogênico pelos organismos de saúde.

Na Hungria, de acordo com a OIE, o surto foi detectado em uma granja no condado de Komarom-Esztergom. O caso foi confirmado no domingo, 12, pelo governo local e levou ao abate sanitário de 53,5 mil animais.

Segundo o Ministério da Agricultura do país, o plantel afetado é de perus com 13 semanas de engorda. A fonte ou origem da infecção ainda é desconhecida, conforme a OIE.

Já na Eslováquia, 22 animais foram eliminados em virtude do contato com o vírus. O surto foi detectado em uma granja na cidade de Nitra. O caso foi confirmado pelo governo local na última sexta-feira.

A OIE também comunicou a identificação de dois focos de gripe aviária na China, que já haviam sidos notificados pelo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais do país na última quarta-feira, 8 de janeiro.

O vírus detectado foi o H5N6 – também altamente patogênico. Os casos foram detectados na província de Xinjiang e levaram ao descarte de 150 cisnes na região oeste de Xinjiang.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.