Onda de calor no sul do País não será tão intensa no Paraná, diz Simepar

As regiões sul, dos Campos Gerais, central e leste (Curitiba e litoral) vão registrar temperaturas altas, típicas do verão, mas nada fora da normalidade

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) informou que a onda de calor que atinge o Rio Grande do Sul, o centro-norte da Argentina e o Uruguai não chegará com intensidade ao Paraná.

O fenômeno teve início na segunda-feira, 10, e deve se estender até a próxima terça-feira, 18.

VEJA TAMBÉM | Rebanho sofre com perda de peso devido à estiagem no Rio Grande do Sul

O tempo seco e a falta de chuvas favorecem o aquecimento atmosférico, que persistirá durante o período.

De acordo com nota da Agência Estadual de Notícias do Paraná, o Estado continuará a registrar chuvas irregulares, graças à umidade no ar.

As regiões sul, dos Campos Gerais, central e leste (Curitiba e litoral) vão registrar temperaturas altas, típicas do verão, mas nada fora da normalidade.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.