Operação Webcida pune venda irregular de agrotóxicos

Ações contra comercialização dos produtos pela internet ocorreram nesta semana no RS e no PR
Foto: Pixabay.

Auditores fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) participaram da Operação Webcida, ação conjunta realizada nos Estados do Paraná e Rio Grande do Sul voltada ao combate da venda de agrotóxicos pela internet. A fiscalização foi realizada de segunda-feira, 23, até esta sexta-feira, 27. Coordenada pelos Ministérios Públicos dos dois Estados, teve também a participação do Ibama, da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi-RS). Também participou o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

As ações articuladas buscaram impedir, entre outras práticas ilegais, a exposição à venda online de agrotóxicos de uso agrícola a qualquer consumidor, mesmo sem ser agricultor ou pecuarista, e a sua comercialização sem o receituário agronômico.

Uma empresa de Curitiba foi alvo de cumprimento de mandado judicial de busca e apreensão. Ela intermediava a oferta e exposição para venda e comercialização de agrotóxicos, entre estabelecimentos de produtos agropecuários e plataformas de venda online de produtos de abrangência nacional. A empresa foi autuada pela Adapar e sofreu embargo pelo Ibama para providenciar o encerramento da exposição à venda e comercialização de agrotóxicos na sua plataforma de e-commerce, além de ter documentos apreendidos.

No município de Paulo Bento, RS, um estabelecimento de produtos agropecuários que comercializava agrotóxicos em plataformas de venda on-line de abrangência nacional, por intermédio da empresa curitibana, foi fiscalizada. Essa fiscalização, resultou na expedição de auto de infração.

Ainda nesta sexta-feira, 27, a Superintendência do Ibama no Paraná expediu embargos contra cinco empresas para impedir a continuidade de exposição à venda e comercialização de agrotóxicos em plataformas de venda on-line de abrangência nacional. Também receberam autos de infração ambiental, totalizando aproximadamente R$ 136 mil em multas.

Fonte: Mapa.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO | Ele quer todo gado na sombra

VEJA os destaques da edição de maio e o Especial Instalações e Equipamentos; na capa, a Agropastoril Campanelli investe em cobertura metálica dos currais e comprova ganho de mais de meia arroba por animal engordado na sombra

Revista DBO | Ele quer todo gado na sombra

VEJA os destaques da edição de maio e o Especial Instalações e Equipamentos; na capa, a Agropastoril Campanelli investe em cobertura metálica dos currais e comprova ganho de mais de meia arroba por animal engordado na sombra

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Relacionado