Menu
Menu

Otimismo com as exportações de carne em Santa Catarina

Estado é o maior produtor de suínos do Brasil e o segundo maior produtor de carne de frango

O bom ritmo dos embarques de carne suína e de frango no início deste ano tem alimentado o otimismo de Santa Catarina com as exportações do produto. Em nota, o secretário de agricultura e da pesca do Estado, Ricardo de Gouvêa, destacou as boas projeções de crescimento.

“Esperamos retomar a credibilidade do agronegócio brasileiro junto a alguns países e até blocos de países, como é o caso da União Europeia. Além disso, esperamos ampliar nossos mercados, investindo em novos parceiros comerciais”, comunicou Gouvêa.

Em 2018, a carne de frango respondeu por 19,7% das exportações de Santa Catarina, chegando a 135 países. Em janeiro deste ano, os embarques do produto movimentaram US$ 125,7 milhões, com 72,8 mil toneladas exportadas – correspondendo um aumento de 4,8% em valor e de 4,6% em volume na comparação com igual período de 2018. Os principais destinos foram Japão, Arábia Saudita e China.

+BRF faz recall para recolher 464 t de frango no Brasil e no exterior
+Exportação de carne bovina do MT sobe 15% em janeiro
+ABPA aponta queda de 14,7% nas exportações de frango em janeiro

Ainda de acordo com mo governo catarinense, embora as exportações de carne de frango para o Japão tenham apresentado queda significativa, houve aumento no valor dos embarques para Arábia Saudita (+29,8%) e para a China (+52,3%) no início deste ano em relação a janeiro de 2018.

Nacionalmente, a carne de frango do Estado respondeu por 26,5% do volume exportado pelo Brasil em janeiro des te ano (274,5 mil toneladas embarcadas), com um faturamento de US$ 445,4 milhões – queda de 13,2%.

Vendas de carne suína

A exportação catarinense de carne suína chegou a 25,5 mil toneladas em janeiro, aumento de 2,1% em relação ao mesmo mês de 2018. O total de receitas geradas ultrapassaram US$ 47,1 milhões. China, Chile e Hong Kong foram os principais mercados. Houve aumento nas vendas para o Chile, Uruguai e Angola, além da retomada das exportações para Rússia.

“A China passa por um momento delicado na produção de suínos, com a população de animais sendo dizimada pela peste suína africana. Isso deve ter reflexos nas exportações catarinenses”, esclareceu Gouvêa.

O Estado respondeu no mês de janeiro por 53% das exportações brasileiras do produto. O país embarcou 47,7 mil toneladas, faturando mais de US$ 90,7 milhões.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

Sustentabilidade é isso aí…

Hélio Casale destaca os esforços do agricultor na busca pela sustentabilidade e os principais temas abordados no 3º Fórum de Agricultura Sustentável

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho