Pagamento de leite ao produtor recua em setembro

Aumento na captação e demanda patinando colocaram fim a um ciclo de sete meses de alta
Foto: Pixabay

Mercado do leite virou. Depois de sete meses em alta, os preços do leite ao produtor caíram no pagamento de setembro, referente a produção entregue em agosto.Segundo levantamento da Scot Consultoria, o produtor recebeu, em média, R$1,230 por litro, sem o frete, considerando a média nacional ponderada dos dezoito estados pesquisados.

Os maiores valores, com bonificações por qualidade e volume ultrapassaram os R$1,60 por litro nas principais regiões produtoras do país.

Continue a leitura após o anúncio

O aumento da captação e a demanda patinando na ponta final da cadeia pressionaram os preços em todos os elos da cadeia ao longo de setembro.

De acordo com o Índice Scot Consultoria de Captação de Leite, em agosto o volume captado de leite aumentou 3,7%, em relação a julho deste ano. Em setembro, os dados parciais apontam para uma alta de 0,8% na captação de leite (média nacional).

Para o pagamento a ser realizado em outubro, referente a produção de setembro, 57% dos laticínios pesquisados acreditam em queda no preço do leite, 33% falam em manutenção e os 10% restante (todos no Nordeste) estimam altas de preços do leite ao produtor, frente ao pagamento anterior.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Relacionado

Conteúdo original Revista DBO