Pecuarista com boiada pronta é rei no mercado

Mas encontrar gado no ponto de abate não tem sido tarefa fácil da indústria e tudo indica que vem pela frente um novembro quente na demanda

Os preços do boi gordo e da vaca gorda subiram novamente nesta quarta-feira (21/10) na maioria das praças pecuárias brasileiras. Destaque para as valorizações registradas em São Paulo e nos três Estados do Centro-Oeste do País. Na região paulista, o valor do animal macho terminado subiu mais R$ 2/@ de ontem para hoje, atingindo o patamar de R$ 266/@, a prazo, segundo apuração da IHS Markit. A consultoria Agrifatto confirma que algumas transações em São Paulo envolvem valores bem próximos ou igual a R$ 270/@.

Em Cuiabá-MT, a boiada gorda vale atualmente R$ 250/@, à vista. Em Campo Grande, a venda de lotes de animais prontos bateu R$ 256/@, a prazo, e na praça de Goiânia subiu para R$ 248/@, também envolvendo negócios a prazo (veja no pé desta página todas as cotações de machos e fêmeas das principais regiões pecuárias do País).

Os movimentos altistas da arroba são sustentados basicamente pela enorme escassez de oferta de animais pronto para abate, além de uma demanda internacional pela carne bovina brasileira bastante forte. Frigoríficos são obrigados a pagar mais caro para conseguir efetuar compras e estender as programações de abate, que atendem atualmente, em média, 4 dias úteis, informa a IHS Markit.

Nos contratos de boi negociados a termo na bolsa de mercadoria B3 também se acumulam valorizações. Ontem, todos os papéis negociados obtiveram altas acima de 2% com relação ao dia anterior, relata a IHS. No vencimento de novembro/20, que obteve maior liquidez, o fechamento foi de R$ 284,70/@. Já o contrato para dezembro/20 subiu para R$ 284,75/@.

Tudo indica que novembro também será um mês de demanda forte, tanto no mercado interno de carne bovina quanto de clientes internacionais, com destaque para China. Portanto, apostam os analistas, não há espaços para ajustes negativos nas cotações da arroba, mesmo com entrada de novos lotes de animais provindos dos confinamentos.

No atacado, os preços dos principais cortes bovinos ficaram estáveis.  A oferta e demanda de carne se mostra, de certo modo, equilibrada, sustentando a estabilidade nas cotações, avalia a IHS Markit.

 

Confira as cotações desta quarta-feira, 21 de outubro, segundo dados da IHS Markit:

SP-Noroeste:

boi a R$ 266/@ (prazo)
vaca a R$ 250/@ (prazo)

MS-Dourados:

boi a R$ 254/@ (à vista)
vaca a R$ 241/@ (à vista)

MS-C. Grande:

boi a R$ 253/@ (prazo)
vaca a R$ 242/@  (prazo)

MS-Três Lagoas:

boi a R$ [email protected] (prazo)
vaca a R$ [email protected] (prazo)

MT-Cáceres:

boi a R$ 250/@ (prazo)
vaca a R$ [email protected] (prazo)

MT-Tangará:

boi a R$ [email protected] (prazo)
vaca a R$ 243/@ (prazo)

MT-B. Garças:

boi a R$ 251/@ (prazo)
vaca a R$ 241/@ (prazo)

MT-Cuiabá:

boi a R$ 250/@ (à vista)
vaca a R$ 239/@ (à vista)

MT-Colíder:

boi a R$ 246/@ (à vista)
vaca a R$ 237/@ (à vista)

GO-Goiânia:

boi a R$ 248/@ (prazo)
vaca R$ 239/@  (prazo)

GO-Sul:

boi a R$ 249/@ (prazo)
vaca a R$ 237/@ (prazo)

PR-Maringá:

boi a R$ 256/@ (à vista)
vaca a R$ 241/@  (à vista)

MG-Triângulo:

boi a R$ 259/@ (prazo)
vaca a R$ 249/@ (prazo)

MG-B.H.:

boi a R$ 258/@ (prazo)
vaca a R$ 248/@ (prazo)

BA-F. Santana:

boi a R$ 252/@ (à vista)
vaca a R$ 251/@ (à vista)

RS-Porto Alegre:

boi a R$ 235/@ (à vista)
vaca a R$ 220/@ (à vista)

RS-Fronteira:

boi a R$ 334/@ (à vista)
vaca a R$ 219/@ (à vista)

PA-Marabá:

boi a R$ 262/@ (prazo)
vaca a R$ 253/@ (prazo)

PA-Redenção:

boi a R$ [email protected] (prazo)
vaca a R$ 253/@ (prazo)

PA-Paragominas:

boi a R$ 257/@ (prazo)
vaca a R$ 252/@ (prazo)

TO-Araguaína:

boi a R$ 261/@ (prazo)
vaca a R$ [email protected] (prazo)

TO-Gurupi:

boi a R$ 255/@ (à vista)
vaca a R$ 244/@ (à vista)

RO-Cacoal:

boi a R$ 245/@ (à vista)
vaca a R$ 232/@ (à vista)

RJ-Campos:

boi a R$ 248/@ (prazo)
vaca a R$ 239/@ (prazo)

MA-Açailândia:

boi a R$ 253/@ (à vista)
vaca a R$ 239/@ (à vista)

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.