Peso Pesado tem alta de quase 90% no faturamento

Remate foi o representante solo da raça Tabapuã na 83ª ExpoZebu

Na tarde de 1º de maio, a Associação Brasileira dos Criadores de Tabapuã (ABCT) promoveu a 44ª edição do Leilão Peso Pesado no tatersal Rubico Carvalho, em Uberaba, MG. O remate é um dos mais tradicionais da raça e fez parte da programação da 83ª ExpoZebu.

Foram vendidos 29 lotes de machos, fêmeas, aspirações e prenhezes ao preço médio de R$ 28.717, alta de 36,6% em relação à média geral da edição anterior do pregão, de acordo com o Banco de Dados da DBO.

No faturamento o crescimento foi maior. A edição deste ano movimentou R$ 832.798, receita 88,6% maior do que os R$ 441.680 do Peso Pesado do ano passado.

As fêmeas foram o foco da oferta, com 19 exemplares negociados a R$ 29.242. Também foram vendidos três touros a R$ 44.800; cinco prenhezes a R$ 19.920; e duas aspirações a R$ 21.600.

Os trabalhos de pista foram conduzidos pelo leiloeiro João Campo, que bateu o seu martelo para selar as vendas com captações fixadas em 24 parcelas. A organização foi da Central Leilões e a transmissão do Canal do Boi.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.