Piracanjuba investe R$ 80 milhões para construir maior fábrica de queijos do Brasil no Paraná

No começo, a fábrica deverá processar 600 mil litros de leite por dia, mas a capacidade total deve alcançar 2 milhões de litros diariamente
Foto: Divulgação

O município de São Jorge D’Oeste, no sudoeste do Paraná, será sede da maior fábrica de queijos do País, num investimento inicial de R$ 80 milhões feito pela Piracanjuba, informou em nota a Secretaria de Agricultura do Estado. No começo, a fábrica deverá processar 600 mil litros de leite por dia, mas a capacidade total deve alcançar 2 milhões de litros/dia.

O município abriga uma bacia leiteira no Estado e, segundo o superintendente da Piracanjuba, César Helou, a unidade a ser construída será uma das mais importantes da companhia.

Esta será a maior fábrica de queijo do Brasil, além de uma pequena fábrica de leite longa-vida e uma de manteiga“, disse Helou. “Estamos ainda calculando qual será o investimento total nesta fábrica“, explicou.

Além da unidade de São Jorge D’Oeste, a Piracanjuba tem outra unidade no Paraná, no município de Sulina, que entrou em funcionamento em setembro de 2019.

No total, a Piracanjuba dispõe de sete fábricas, localizadas em Bela Vista de Goiás, Governador Valadares (MG), Maravilha (SC), Sulina (PR), Araraquara (SP), Três Rios (RJ) e Carazinho (RS), com capacidade de processamento de 6 milhões de litros de leite por dia.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.