Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Por que a pecuária ainda é um setor a ser desbravado pelo seguro rural

Confira a entrevista com a engenheira agrônoma, Cátia Rucco, e o administrador de empresas Daniel Kozma, ambos da Mapfre, especialistas em apólices e planejamento de recursos aplicados em proteção de rebanhos e patrimônio

A ferramenta para reduzir os riscos da produção agropecuária é o seguro rural. Pode-se dizer que ela é nova, com cerca de 10 anos, desde o início do programa de subsídios do governo federal, barateando o seguro para o produtor. Para a pecuária, os subsídios são ainda mais recentes do que para a agricultura – com cerca de cinco anos. Isso, no caso de animais de produção.

No ano passado, o prêmio total do seguro rural foi de R$ 1,3 bilhão. Deste valor, o governo subsidiou R$ 440 milhões, um recurso que beneficiou cerca de 58 mil produtores, assegurando uma área de 7 milhões de hectares. No entanto a pecuária ainda compõe um grupo pequeno, pois das 93 mil apólices emitidas em 2019, apenas 344 foram para cobrir riscos na pecuária.

Neste DBO Entrevista conversamos com dois executivos da seguradora Mapfre: a engenheira agrônoma Cátia Rucco, superintendente de Seguros Agrícolas, e o administrador de empresas Daniel Kozma, superintendente de Seguros Patrimonial Rural. Os executivos explicam como a pecuária pode passar a ter mais protagonismo no seguro rural, mostram a importância de um seguro para o rebanho e para máquinas e equipamentos, e o como esse mercado pode crescer com a elevação de subsídios de R$ 44o milhões para cerca de R$ 1 bilhão. Confira.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: