Preços da carne sobem no inicio de agosto

Movimento foi puxado pelo pagamento de salários e proximidade do Dia dos Pais
Foto: Pixabay

Os preços da carne bovina sem osso subiram no mercado atacadista. Na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria, a valorização foi de 0,6% nos últimos sete dias. A alta foi puxada principalmente pelos cortes de dianteiro que subiram 1,9% no período. Já os cortes do traseiro, que de maneira geral apresentam maior valor agregado, subiram 0,2%. Em um ano a valorização acumulada é de 6,3%.

O pagamento de salários e a data comemorativa do Dia dos Pais, incentivam os varejistas a reabastecerem seus estoques na expectativa de melhora na demanda. Além disso, a oferta reduzida de boiadas terminadas colabora para que os frigoríficos trabalhem com escalas curtas e controlem seus estoques.

Atualmente, a margem de comercialização das indústrias que fazem a desossa está em 23,5%, apesar da queda de seis pontos percentuais desde o início de julho, a margem continua acima da média histórica.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Relacionado