Produção chinesa de carne suína deve cair 16% em 2019, estima Fitch Solutions

Se confirmado, o volume alcançará o nível mais baixo desde 2007, em virtude da epidemia de peste suína africana

A produção chinesa de carne suína deve diminuir 16% neste ano, para 45,4 milhões de toneladas, segundo estimativa da consultoria Fitch Solutions. Se confirmado, o volume alcançará o nível mais baixo desde 2007, em virtude da epidemia de peste suína africana (ASF, na sigla em inglês) que vem afetando o plantel do país asiático.

+China confirma novos focos de peste suína em província
+Preços de carne suína podem subir mais de 70%, diz governo chinês
+Na esteira da peste suína, JBS vai aumentar embarques para China

Continue a leitura após o anúncio

O aperto na oferta pode gerar um déficit de 4 milhões de toneladas de proteína suína para suprir a demanda, enquanto a média de 5 anos é de 1,2 milhão de déficit na oferta. Para 2020, a Fitch prevê um crescimento moderado na produção de carne suína da China, ainda refletindo as dificuldades de combater e controlar a propagação da doença

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO