Projeto-piloto para agricultura familiar tem adesão de 10 mil produtores

Segundo o Mapa, foram aplicados cerca de R$ 38 milhões em subvenção para a contratação de apólices de seguro rural neste ano
Foto: Divulgação/Governo.

Projeto-piloto para estimular a contratação de seguro rural teve adesão de quase 10 mil produtores do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Foram aplicados cerca de R$ 38 milhões em subvenção para a contratação de apólices de seguro rural em 2020, o que representou uma área segurada de aproximadamente 282 mil hectares e um valor segurado de R$ 937 milhões, informa o Ministério da Agricultura.

As operações ocorreram para as culturas de milho 1ª safra, soja, banana, maçã e uva, no âmbito do Programa de Seguro Rural (PSR). Segundo o ministério, a iniciativa teve a participação de oito seguradoras que comercializaram apólices em 11 Estados do País.

O diretor do Departamento de Gestão de Riscos, Pedro Loyola, do Ministério da Agriculturas, disse na nota que “ficamos contentes com os resultados alcançados, o número de interessados foi bastante significativo, isso demonstra que as contratações de seguro rural têm potencial para crescer junto a esse perfil de produtor, que em muitos casos ainda não conhece como funciona esse mecanismo de mitigação de riscos.

As contratações se concentraram nos Estados do Paraná (46%), Rio Grande do Sul (34%) e Santa Catarina (13%), mas também ocorreram nos Estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Pará, Roraima e Tocantins.

O projeto-piloto teve R$ 40 milhões disponibilizados para milho 1ª safra e soja e R$ 10 milhões para banana, maçã e uva. O porcentual de subvenção ao prêmio diferenciado (fixo) foi de 55% para milho 1ª safra e soja (55%) e 60% para as demais culturas.

Aves e suínos

O Ministério da Agricultura realizará na sexta-feira (4 de dezembro), às 15h, uma videoconferência do projeto Monitor do Seguro Rural, dedicada ao seguro rural das atividades de avicultura e suinocultura. O objetivo é avaliar e propor aperfeiçoamentos nos produtos e serviços ofertados pelas seguradoras, que estudam a criação de seguros para essas atividades com coberturas mais aderentes às necessidades dos produtores, informa o ministério. Para participar da videoconferência basta acessar o seguinte link da plataforma Teams na data e horário agendados: tinyurl.com/msravesesuinos

O seguro rural de aves e suínos ainda é incipiente no PSR. “Será uma oportunidade de os produtores e técnicos dialogarem com as seguradoras para compreender o desenho de novos produtos de seguro rural que podem ser ofertados a partir de 2021”, explica Pedro Loyola. Nesse caso, a subvenção é de 40% ao prêmio do seguro rural.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.