[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Quer mais bezerros? Examine seus touros

Artigo do médico veterinário Neimar Correa Severo alerta para o prejuízo que pode causar a falta de exame andrológico nos reprodutores

Exame andrológico possibilita manter apenas touros férteis no rebanho.

Por Neimar Correa Severo – Médico veterinário, titular da Revivah Consultoria Técnica e vice-presidente da ABRAA (Associação Brasileira de Andrologia Animal). E-mail: [email protected]

A eficiência reprodutiva na cria bovina é determinada, principalmente, pelo número de bezerros desmamados em relação às fêmeas acasaladas. É o resultado da interação entre a fertilidade do touro e a fertilidade da vaca. O Brasil, mesmo com o grande crescimento da inseminação artificial em 2020 (Asbia, relatório anual), ainda precisa de muitos touros férteis para atender à demanda da monta natural.

Na edição de maio de 2021 da Revista DBO, Daniel Biluca e Antônio Chaker publicaram um importante artigo sobre esse tema. Conforme os articulistas, a necessidade de novos touros para cobertura do plantel de vacas na pecuária de corte brasileira seria de 299.679 por ano. A quantidade total de reprodutores em trabalho foi estimada em 1,8 milhão de animais, número suficiente para atender à população de 54 milhões de fêmeas em reprodução (proporção de um touro para cada 30 vacas).

VEJA TAMBÉM:
+Qual a demanda de touros no Brasil?
+Preparação dos touros para a estação de monta vai além do exame andrológico

Um touro de alta fertilidade pode fecundar cerca de 80% das fêmeas acasaladas nos primeiros 21 dias de serviço da monta. Já quando se introduz no rebanho um reprodutor de média fertilidade, o resultado pode cair para 50% no mesmo período. Se o nível de fertilidade desse macho for baixo ou ainda se ele for infértil, o índice de prenhez não passará de 10% ou menos, como mostra o gráfico na página ao lado. Isso reforça a importância de se fazer a avaliação andrológica dos reprodutores para retirada daqueles que apresentam condições reprodutivas insatisfatórias.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.