Estratégias nutricionais

A nutrição é fundamental para melhorar o desempenho dos animais durante a recria, fase mais crítica do ciclo produtivo. Como a maior parte dos bezerros é desmamada na entrada da seca, o desafio de ganhar peso recai no período de menor oferta forrageira. Para vencê-lo apresentamos diferentes modelos de intensificação, como a suplementação e o sequestro.
O segundo fascículo do Recrie Bem, parceria entre a DBO e Trucid, traz também os cuidados com a metragem do cocho, tipos diferentes de manejo de pastagem, bem como a indicação das respectivas alturas de entrada e saída dos animais nos piquetes, de acordo com cada variedade forrageira. Aproveite!

bezerro_fome

Alta suplementação ou sequestro?

Para contornar a sazonalidade de produção forrageira durante a seca e garantir mais quilos na balança o produtor pode optar pelas seguintes estratégias:

Alta suplementação

Consiste em fornecer suplemento, em média, de 0,7% a 1,2% do peso vivo com alto valor de proteína.

Vantagens:
• Aumento da produtividade em @/ha;
• Animais tratados a pasto têm melhor desempenho na engorda;
• Não precisa reservar área e investir na produção de volumoso

Sequestro

Animais são fechados no cocho por determinado período e comem à vontade uma dieta à base de volumoso.

Vantagens:
• Explorar ao máximo o capim nas águas, trabalhando com altas lotações;
• Oportunidade de comprar animais a preços menores durante a seca;
• Custo mais baixo.

Sistemas de pastejo

O pastejo rotacionado é o mais utilizado em projetos de intensificação, mas o sistema alternado também pode garantir bons resultados em lotação e ganho de peso.

Rotacionado

cerca_3

A área de pastagem é dividida em piquetes, que são submetidos a períodos de pastejo seguidos de descanso. A principal vantagem é garantir o melhor aproveitamento da forragem, graças ao pastejo uniforme.

Alternado

DSCN1733

Consiste na divisão dos módulos em dois piquetes, que são pastejados alternadamente. De custo mais baixo, pois requer menor investimento em infraestrutura, é uma boa alternativa para quem deseja iniciar na intensificação.

Medir é preciso!

Atente-se para as alturas de entrada e saída dos animais nos piquetes. A entrada é determinada quando a planta tem maior produtividade (mais folhas) e teor nutricional (poucos talos).
A saída considera a quantidade mínima de folhas (resíduo) para que a planta tenha reserva suficiente para rebrotar.

Tamanho do cocho depende do suplemento!

Cada suplemento requer um tamanho de cocho. Erros no dimensionamento (pouco espaço, por exemplo) podem aumentar a incidência de brigas, fator de redução no ganho de peso. Saiba como dimensionar o espaço por cabeça para que os animais comam com tranquilidade!

Trucid ®

Trucid500mL

A evolução da doramectina. Controle eficiente de verminoses, carrapatos, bicheiras e bernes.

Vigantol® ADE

Vigantol_500-100-E

Suplemento vitamínico concentrado, melhora o
apetite e o ganho de peso dos animais.

Tiguvon® SPOT-ON

Tiguvon-packs

O matabicheiras de quem é bom nas contas! Trate as bicheiras sem precisar conter os animais.

Bayovac ® Clostridioses

Clostridioses

Proteção contra carbúnculo sintomático, gangrena gasosa e enterotoxemias.

Catosal ®

Catosal

Energia e alta performance. Reduz o estresse e melhora o ganho de peso dos bezerros após a desmama.

Preencha o formulário e baixe agora o PDF

Material disponível na edição de Agosto da Revista DBO

Página-agosto

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: