Redução da oferta faz preço do milho subir

Indicador Esalq/BM&F registrou alta de mais de 10% no acumulado do novembro

A necessidade de compradores de repor estoques e a posição retraída de vendedores seguem elevando as cotações de milho no mercado interno, principalmente nas regiões consumidoras acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq USP).

As preocupações com o frete e a expectativa de preço maior nas próximas semanas fazem com que produtores consultados pelo Cepea reduzam suas ofertas. Por outro lado, o baixo ritmo de exportações e a expectativa de estoques confortáveis com a entrada da safra verão limitam maiores valorizações.

Em novembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (região de Campinas –SP) registrou alta de 10,6%, fechando a R$ 37,81/saca de 60 kg na sexta-feira, 30. Especificamente entre 23 e 30 de novembro, o aumento foi de 1,3%.

Fonte: Cepea

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on email
Email
Share on pocket
Pocket

Posts Relacionados:

Menu

GALERIA DE FOTOS DO INSTAGRAM

Acompanhe e compartilhe:

Fechar Menu
×
×

Carrinho