Rendimento médio de carcaça do RS é 12,4% abaixo do Uruguai

Dados referentes aos anos de 2009 a 2017 foram apresentados em workshop realizado na Expointer

O Núcleo de Estudos em Sistema de Produção de Bovinos de Corte e Cadeia Produtiva (NESpro), grupo de pesquisa filiado a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), promoveu nesta quinta-feira, 29, no auditório da Federacite no Parque de Exposições Assis Brasil (Esteio, RS), o workshop “Rendimento de Carcaça: uma pauta para a comercialização do gado gordo”.

O coordenador do NESPro, professor Júlio Barcelos (foto), abriu a manhã de debates com a presença de pecuaristas, pesquisadores e representantes de instituições e frigoríficos. Ele apresentou aspectos relacionados à comercialização de animais para abate e aos rendimentos na pecuária gaúcha.

Nos últimos anos, os estabelecimentos estaduais têm sido o principal destino para o abate de bovinos. De acordo com Júlio, entre os anos de 2009 e 2017 o rendimento de carcaça médio registrado nos frigoríficos gaúchos foi de 48%. No Uruguai, a média alcança 54,8%.

Rendimentos de carcaça de fazendas no Rio Grande do Sul (Fonte: NESPro)

FAZENDA

SISTEMA ENGORDA

CATEGORIA

PESO FRIGORÍFICO (kg)

RENDIMENTO FRIGORÍFICO

(%)

A

Confinamento

Novilhos 2-4 dentes

430

51,3

B

Campo nativo

Fêmeas 4- 8 D

436

47,4

C

Suplementação

Novilhos 4-6 D

518

51,4

D

Pastagem

Fêmeas 8 D

440

46,2

E

Pastagem

Fêmeas

468

45,8

“O momento em que o peso de carcaça é considerado para pagamento é muito variável, o que gera muitas incertezas para o pecuarista na hora de decidir a venda. É necessário um consenso para harmonização e padronização das normas”, avaliou o professor da UFRGS.

O evento do NESPro abordou ainda atualizações em nutrição com foco em programação fetal e ferramentas que contribuam para o aumento do rendimento das carcaças de bovinos.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.