Touro Angus PO sai por R$ 39.000 em virtual da Reconquista Agropecuária

As ofertas apresentadas pelo criador José Paulo Dornelles Cairoli reuniram touros e matrizes Brangus e Angus, além de lotes de gado comercial, pôneis e cavalos Crioulos
Segundo o Banco de Dados da DBO, foi o maior valor atingido por um macho da raça Angus este ano (Foto: Reprodução)

O criador José Paulo Dornelles Cairoli, titular da Reconquista Agropecuária (Alegrete, RS), fechou espaço na grade de programação do Canal do Boi para promover o “14º Leilão Virtual Conexão Reconquista”. As ofertas em 17 de abril reuniram touros e matrizes Brangus e Angus, além de lotes de gado comercial, pôneis e equinos da raça Crioulo.

SAIBA MAIS | Associação lança o prêmio “Top Produtor Carne Angus”

O faturamento total foi de R$ 2,9 milhões, incluindo compradores do Acre, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rondônia, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Em média, os reprodutores Angus saíram por R$ 22.000 e as fêmeas AD atingiram R$ 9.000.

O exemplar mais valorizado foi Reconquista TE 2991 Pioneer H. Hitter (foto), touro PO da safra 2018 e pelagem preta, adquirido por R$ 39.000 pelo pecuarista Jorge Rodrigo Bau (Estância da Glória – Balsa Nova, PR); o exemplar contratado pela central PremiumGen saiu pesando 800 kg e CE 44. Segundo o Banco de Dados da DBO, foi o maior valor atingido por um macho da raça Angus este ano.

Acumulando 11 títulos de campeã do ranking nacional da Associação Brasileira de Angus (ABA), a cabanha gaúcha possui animais genotipados e com medições de ultrassonografia de carcaça, além de avaliações genéticas do Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo).

O remate também vendeu cavalos Crioulos com média de R$ 10.000 para os equinos castrados e domados e R$ 3.200,00 para os xucros. Os pôneis saíram por R$ 6.750.

Já as negociações de gado comercial incluíram novilhas à média geral de R$ 5.500, vacas zebuínas prenhes de Angus por R$ 5.900, em média, além de fêmeas Angus x Nelore por R$ 14 kg/vivo e os machos à média de R$ 14,76 kg/vivo.

“É uma oferta diferenciada que vem chamando atenção do mercado e mostra a valorização da raça para o uso no cruzamento com o Nelore”, destacou Cairoli, que adiantou que deve repetir o modelo de comercialização mista entre gado de elite e comercial cruzado na Temporada de Primavera.

O martelo teve o comando do leiloeiro rural João Campo. A organização foi da Central Leilões. Os pagamentos foram fixados em 30 parcelas.

* Com informações da assessoria de imprensa da ABA

Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.