[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Revista DBO | CFM migra de vez para o Centro-Oeste

Neste ano, o tradicional leilão da empresa será realizado em Campo Grande (MS); todo o trabalho de seleção já se concentra em território sul-mato-grossense

Por Carolina Rodrigues

A Agropécuária CFM dá mais um passo rumo à concentração de seus negócios no Centro-Oeste. Após 24 anos ininterruptos, deixará de realizar seu tradicional leilão na Fazenda São Francisco, em Magda (SP), transferindo-o para Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, onde a empresa mantém as Fazendas Lajeado (em Dois Irmãos do Buriti), e Paiaguás (em Aquidauana), ambas próximas ao Pantanal. Juntas, elas somam 13.000 ha e abrigam um rebanho de 25.000 cabeças, sendo 11.0000 matrizes.

Empresa de origem inglesa sediada no Brasil desde a década de 1920, a CFM é considerada uma potência na produção de touros CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção), documento que há 30 anos comprova a superioridade genética de seu rebanho.

A transferência do leilão para Campo Grande faz parte da nova estratégia comercial da empresa, que busca maior facilidade logística (seus touros já são produzidos na região) e reposicionamento no mapa atual da pecuária brasileira, que tem migrado de São Paulo para outras regiões, empurrada pela agricultura.

As terras da empresa em São Paulo serão destinadas exclusivamente à produção de cana-de-açúcar para abastecer usinas vizinhas. Tanto a pecuária quanto a produção de eucalipto serão concentradas no Mato Grosso do Sul. A mudança, segundo a CFM, visa facilitar a comercialização de touros, que garante boa parte da receita da pecuária, atividade responsável por 20% do faturamento anual da empresa, estimado em R$ 270 milhões.

A CFM vende entre 1.200 e 1.500 touros por ano, e o principal destino é o Centro-Oeste, principalmente Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. “Estamos vindo para perto da vaca. A cria está se concentrando no Pantanal”, resume Tamires Neto, gerente de pecuária da CFM. Quando tornou-se pioneira no programa CEIP, em 1993, a CFM comercializava 477 touros para 22 clientes. Em 2021, vendeu 1.119, para 127 clientes, em 13 Estados. A empresa detém o recorde histórico de comercialização de reprodutores certificados no Brasil: são cerca de 47.000, ao longo de 30 anos, para todos os Estados brasileiros, e também para o Paraguai.

 

 

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp
Skype
Email
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
Email
Tumblr
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.