[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Revista DBO | Conforto térmico melhora produção de embriões

Pesquisa conduzida no MS mostra que novilhas Nelore têm melhor desempenho reprodutivo em sistemas de ILPF do que em pasto com poucas árvores nativas

Novilhas em área de ILPF da Embrapa Gado de Corte: mais embriões viáveis.

Por Marília Teixeira

É verdade que o Nelore é mais adaptado à produção em clima tropical do que as raças europeias, mas uma boa sombra é muito bem-vinda. O efeito benéfico que ela proporciona ao bem-estar dos animais vem acompanhado de melhor resultado na reprodução.

Um estudo, realizado pelas Universidade Estadual e Federal de Mato Grosso do Sul (UEMS e UFMS, respectivamente), em parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL), o Instituto de Biologia Reprodutiva de Dummerstorf, na Alemanha, e as Embrapas Pantanal e Gado de Corte, demonstrou que novilhas Nelore manejadas em sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), durante o verão no Centro-Oeste, apresentam maior produção de embriões in vitro, sem alterações típicas em seus parâmetros fisiológicos.

O experimento avaliou a competência oocitária e o desenvolvimento embrionário (in vitro) de 16 fêmeas submetidas a situações de menor e maior estresse térmico na Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande (MS). Na área 1, tinham mais sombra, garantida por 227 pés de eucalipto/ha, dispostos em linhas espaçadas 22 m entre si, em sistema de ILPF (integração lavoura-pecuária-floresta).

VEJA TAMBÉM | Sombra dá lucro

Na área 2, contaram com menos sombra, fornecida por apenas 5 árvores nativas/ha (cambará e cumbaru) em área de ILP (integração lavoura-pecuária). Nos dois casos, o capim era a braquiária Piatã. As 8 doadoras que estavam na área de ILPF produziram 154 óvulos, dos quais 50 foram convertidos em embriões (com uma taxa de blastocisto de 32,5%), enquanto as 8 que estavam na área de ILP produziram 169 óvulos, mas apenas 30 se tornaram embriões viáveis, uma taxa de conversão de 17,8% (veja tabela).

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp
Skype
Email
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
Email
Tumblr
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.