[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Revista DBO | Dermatites de contato

Em artigo, Enrico Ortolani, professor da FMVZ-USP, destaca que dermatites de contato provocadas por produtos pour on ainda são as mais comuns

Dermatite no fio do lombo 15 dias depois do tratamento.

Por Enrico Ortolani – Professor titular de Clínica de Ruminantes da FMVZ-USP ([email protected])

Estima-se que 95% das doenças bovinas ocorram em órgãos internos, exigindo habilidade técnica e conhecimento teórico do veterinário para diagnóstico. Nas enfermidades externas, os sintomas frequentemente saltam aos olhos, mas, ainda assim, nem sempre é simples descobrir o que causou o mal. Se encaixam nesta última categoria as dermatites de contato, assunto deste artigo. Vamos aos miúdos. A dermatite de contato é uma inflamação de duas (epiderme e derme) das três camadas de tecidos da pele, no ponto de contato com substância irritante ou alérgica.

A epiderme é a camada mais externa da pele, com as seguintes funções: fazer a pele crescer e se renovar a cada 35 dias; produzir queratina (substância que funciona como uma capa plástica impermeabilizante para evitar perda de água e dar resistência à pele); sintetizar anticorpos; fabricar melanina, que dá cor preta à pele e a protege do sol.

A derme vem abaixo da epiderme e tem a função de produzir colágeno e elastina que tornam a pele resistente e flexível; abrigar as raízes dos pelos, as glândulas de suor, as glândulas produtoras de sebo (que tornam a pele macia e mais isolada de umidade), os nervos e os vasos sanguíneos que dão sensibilidade e nutrem toda a pele.

Finalmente, vem a hipoderme, rica em gordura e cuja função é acolchoar e regular a temperatura. A pele representa cerca de 8% do peso do bovino adulto!

Voltemos ao tema da dermatite. Basicamente, temos dois tipos de substâncias que provocam esse tipo de problema: as irritantes e as alérgicas. Eis um quadro geral para diferenciar clinicamente uma da outra, começando com as irritantes, seguido pelas alérgicas: Ocorre em muitos animais ou apenas nos mais alérgicos? A lesão é apenas no ponto de contato, na área próxima ou é distante dela? Ocorreu no primeiro contato ou após muitos deles? Nem sempre causa bolhas e coceira ou estas são muito comuns?

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp
Skype
Email
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
Email
Tumblr
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.