[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Revista DBO | O pioneiro do Brahman no Acre

O criador Alcides Teixeira é um dos maiores produtores de touros da região Norte e trabalha para elevar ainda mais a oferta de reprodutores até 2023

Rebanho de corte da Fazenda Diamante soma 5.000 cabeças.

Por Larissa Vieira

O sonho de um dia ter seu pedaço de terra para tocar sua própria boiada levou o paulista Alcides Teixeira a trocar o interior de São Paulo pelo Acre. Era o ano de 1976 e a região acreana tinha sido incorporada à fronteira agrícola amazônica por conta da abertura de rodovias de integração e dos incentivos fiscais recebidos do governo. Aos 23 anos, ele deixou a cidade de Presidente Prudente/SP para colonizar o então jovem estado brasileiro, missão dada pelo patrão, Francisco Jacintho da Silveira.

Ao chegar em Rio Branco, percebeu que o desafio seria grande. “A pecuária na região era uma atividade muito pequena, local, o gado não tinha a qualidade que tem hoje. Na época, embarquei de Naviraí, no Mato Grosso do Sul, mil bezerros machos para engordar no Acre, pois aqui não tinha essa disponibilidade de animais. A situação começou a mudar com a chegada de criadores tradicionais de zebu, dentre eles Rubico de Carvalho e José Tavares do Couto, que trouxeram muita genética boa. Como o frete na década de 1970 era muito caro, eles embarcaram somente os melhores animais de seus planteis para iniciar a pecuária no Acre”, lembra Alcides Teixeira, hoje com 69 anos de idade.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp
Skype
Email
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
Email
Tumblr
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.