[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Revista DBO | Para não perder boa genética, cuide do bezerro

LEIA o artigo da médica veterinária Giana Hirose, que destaca a importância dos cuidados com a vaca e o bezerro no melhoramento genético

Por Giana Hirose – Médica Veterinária e gerente nacional de vendas da Agrozootec.

Uma frase que exemplifica bem o melhoramento genético é a clássica “filhos devem ser melhores do que os pais”. Fazendas que têm boa seleção e adotam boas práticas reprodutivas podem desmamar crias com 240-260 kg, ante 150-180 da média nacional. Esse trabalho começa lá trás, na escolha do acasalamento e no cuidado com as doadoras, por exemplo.

Imagine passar por todo um processo de coleta de dados, uso de biotecnologias, nove meses de gestação em receptora e perder todo o ganho genético no nascimento do bezerro, por descuido! Deve-se evitar isso, começando pelo bom manejo pré-parto, passando pela nutrição adequada, bem-estar, vacinação e vermifugação das mães e terminando com o manejo pós-natal. Vejam recomendações.

 

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp
Skype
Email
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
Email
Tumblr
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.