Rincon del Sarandy faz 25 anos e monta vitrine com Angus, Brangus e Ultrablack

O remate virtual "Rincon Code" registrou liquidez total com a comercialização de reprodutores e ventres qualificados do criatório de Uruguaiana, RS
Foto: Everton Souza Marita

Após mais de dez horas de vendas consecutivas pelo Lance Rural e Canal do Criador, com lances das cinco regiões do Brasil, o “Leilão Rincon Code” fechou a noite de 15 de agosto com faturamento de R$ 2,5 milhões para todos os 144 animais de genética apurada comercializados das raças Angus, Brangus e Ultrablack.

Em oferta, touros com índices destacados no Programa de Melhoramento Genético de Bovinos de Carne (Promebo), grandes campeãs de exposições em concorridas pistas de julgamentos e exemplares do time de pista da Rincon del Sarandy (Uruguaiana, RS), criatório capitaneado por Ignacio Tellechea, que administra a propriedade ao lado do irmão Martin e da mãe Claudia Indarte Silva.

O remate virtual, que comemorou os 25 anos da premiada cabanha gaúcha, atingiu média geral de R$ 18.014. Por categorias, os ventres Angus atingiram valorização de R$ 16.463, e os Brangus, de R$ 16.670. Nos touros, a média foi de R$ 21.509 na Angus e de R$ 20.475 na Brangus. O reprodutor Ultrablack Dom foi comercializado por R$ 18.300.

“Foi um leilão longo em função da vasta oferta, mas tivemos vendas ágeis e com lances disputados. Isso é condizente com a qualidade e a quantidade dos lotes que separamos para esse evento comemorativo”, frisou Tellechea. Segundo ele, a experiência de um remate solo chega em um momento importante, consolidando o trabalho de melhoramento genético focado em produtividade e qualidade de carne.

Entre os destaques, a doadora Brangus Aurora (Rincon 2001 del Sarandy), comercializada por R$ 60.600 para o pecuarista Odair José Stang (Fazenda Stang – Três Barras, PR) e a venda da cota de 50% do touro genotipado Angus Simba (Rincon 3688 Saikan del Sarandy), que saiu pesando 650 kg e CE 42 por R$ 42.000, valorizando o exemplar em R$ 84.000. O reprodutor homozigoto preto, que está contratado pela CRV, teve cota adquirida pelo condomínio formado pelos criadores Fernando Pereira e Eriko Santos, do Paraná, e Luiz Henrique Celani, de Minas Gerais.

Também destacou-se a comercialização de um lote de quatro embriões Angus ofertado pela Casa Branca Agropastoril (Silvianópolis, MG), que saiu por R$ 76.500 para os criadores Gisele e Ricardo Fernandes (Angus da Limeira – Pinhão, PR).

“O Rincon Code nos mostrou a amplitude da demanda por genética para produção de carne de qualidade no Brasil. Vendemos para o Sul, mas também vamos enviar nossos animais para Minas Gerais, São Paulo e Pará”, completou Tellechea.

O evento foi organizado pela Programa Leilões, com apoio da Parceria Leilões e da Trajano Silva Remates. Os leiloeiros rurais Fábio Crespo e Marcelo Silva se alternaram no comando do martelo em estúdio. Os pagamentos foram fixados em 30 parcelas.

* Com informações da assessoria de imprensa

Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.