Rio Grande do Sul: concurso público terá 31 vagas para fiscal estadual agropecuário

Segundo o edital publicado no Diário Oficial do Estado, 16 vagas são para médico veterinário e 15 para engenheiros agrônomos

Foi publicado nesta sexta-feira (26/11), no Diário Oficial do Estado, edital para realização de concurso com 31 vagas para fiscal estadual agropecuário para a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) do Rio Grande do Sul.

Do total, 16 vagas são para médico veterinário e 15 para engenheiros agrônomos.

O concurso também terá 32 vagas para analista agropecuário e florestal, sendo 22 para médicos veterinários, oito para engenheiros agrônomos, uma para engenheiro florestal e uma para zootecnista. As provas serão realizadas pela Fundatec.

As inscrições serão no período de 26 de novembro a 27 de dezembro de 2021. A aplicação das provas está prevista para ocorrer no dia 13 de fevereiro de 2022, no turno da tarde. Mais informações no site: www.fundatec.org.br

Segundo o presidente da Associação dos Fiscais Agropecuários do RS (Afagro), Richard Alves, a notícia é positiva pois há falta de pessoal em praticamente todos as regionais da fiscalização agropecuária.

“O concurso irá ajudar a suprir a escassez de servidores. Mas o número de vagas ainda é muito inferior à real necessidade do serviço oficial”, comenta o dirigente.

Atualmente, há pelo menos 70 vagas em aberto devido ao abandono da função por colegas que solicitaram exoneração. Um agravante é que este número não contabiliza os servidores que saíram porque se aposentaram.

Além disso, há muitos municípios representativos para a produção agropecuária que historicamente já não tinham engenheiros agrônomos e médicos veterinários. Nestes locais, devido à falta de servidores, as inspetorias de defesa agropecuária foram fechadas. Ou seja, a carência de servidores é ainda maior.

Fonte: Ascom Afagro

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.