Ritmo de negócios distintos nesta terça-feira nas principais praças do país

Grandes frigoríficos seguram compras diante da inconsistência do consumo doméstico, aponta FNP

O mercado pecuária tem registrado um quadro de oscilações distintas entre os valores pagos na arroba do boi gordo nas praças de comercialização do País, relata o boletim desta terça-feira da consultoria Informa Economics FNP, de São Paulo.

“Enquanto há frigoríficos que trabalham escalas para atender o mínimo operacional de suas plantas, limitando o fluxo de suas aquisições, há outros que necessitam de novos lotes e operaram com valores mais firmes e mais ativamente nas ordens de compras”, informa a consultoria.

Continue a leitura após o anúncio

A posição defensiva de parte das indústrias, sobretudo dos grandes frigoríficos, reside na inconsistência do consumo doméstico, ainda patinando, de acordo com a FNP.

“Compradores de boiada gorda também aguardam o surgimento de maiores ofertas de animais terminados à pasto e optam por operar na defensiva ao menos até o começo do próximo mês”.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO