Sant’Anna abastece mercado de genética em fevereiro

Primeiro remate com oferta de reprodutores Nelore no ano movimentou mais de meio milhão
Foto: Fazendas Sant’Anna

Um dos mais tradicionais criatórios da região Oeste de São Paulo, a Fazenda Sant’Anna abriu o seu calendário anual de vendas com um remate virtual Safra Antecipada, realizado no dia 21 de fevereiro. O evento movimentou R$ 564.450 com a venda de touros e matrizes Nelore provados no PMGZ, da ABCZ, e marcou o início das comemorações de 30 anos de remates do criatório.

Os touros foram os protagonistas do dia, com 44 exemplares comercializados ao preço médio de R$ 6.777, respondendo pela movimentação de R$ 298.200. Já nas fêmeas, a média para 49 novilhas e matrizes foi de R$ 5.155. Também foram comercializadas três fêmeas Gir Leiteiro a R$ 4.550 de média.

No total, o remate contou com investidores de sete Estados diferentes: Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, São Paulo e Tocantins. “O resultado foi muito bom, pois não é uma época convencional para venda de genética, principalmente touros. A média pode não ter sido muito elevada, mas a liquidez de 100% me deixou extremamente satisfeito”, destacou o titular do criatório, Bento Mineiro.

A organização do evento foi da Central Leilões e a transmissão do Canal do Boi. O martelo foi comandado pelos leiloeiros Lourenço e João Campo, com pagamentos fixados em 30 parcelas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

DNA de gestora

Quem observa a médica veterinária Carine Letícia Schneider Faifer (29 anos) em frente a uma das poucas escolinhas infantis de Chapadão do Céu (cidade goiana

Uma jovem pioneira

Aos 21 anos, Maria Vitória Faé Proença já é pecuarista famosa em Santa Catarina. Ela é dona da Fazenda Vitória, em Rio das Antas (207

Que modelo sucessório adotar?

Não são poucas as dúvidas das famílias rurais quando o assunto é sucessão. Além da delicadeza da questão, definir qual modelo adotar não é tarefa

Fechar Menu
×

Carrinho