São Paulo firma acordo com o Ministério da Agricultura para intercâmbio de dados agropecuários

Medida permitirá que os institutos estaduais e federais compartilhem base de dados para elaboração de estatísticas sobre o setor
O secretário Gustavo Junqueira e diretor da Conab Sergio De Zen assinaram acordo nesta quinta-feira. Foto: Mastrangelo Reino/SAA

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) assinaram nesta quinta-feira (26/11) um acordo para trazer mais transparência às informações e estatísticas agropecuárias.

“O Brasil tem uma deficiência estatística muito grande, principalmente no agro, pois são diversas safras ao ano, várias culturas e diferentes estágios de desenvolvimento em cada Estado. Por outro lado, temos informações geradas por muitos órgãos e que geram confusão”, afirmou Gustavo Junqueira, secretário de Agricultura e Abastecimento. “É um primeiro passo para começarmos a trabalhar integrados em um único depositório de informações agropecuárias padronizadas e disponibilizadas de maneira mais transparente, trazendo maior segurança, confiança e uma base ampliada de dados para quem acessa”.

“Queremos criar uma governança de informações, evitando a duplicidade de dados levantados pelos diversos órgãos, maximizar os recursos públicos e a eficiência das informações para o setor”, afirmou Sergio De Zen, diretor executivo de Política Agrícola e Informações da Companhia Nacional de Abastecimento, empresa vinculada ao Ministério.

A Secretaria de Agricultura de SP compartilhará levantamentos de preços agrícolas, recebidos pelo produtor, do mercado atacadista e do varejo; valor de Terra Nua; estatísticas da produção paulista, entre outros analisados pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA), instituição de pesquisa mais antiga no tema e a única reconhecida pelo Departamento de Agricultura e Abastecimento dos Estados Unidos (USDA).

O Ministério da Agricultura concederá acesso a estatísticas relacionadas à pecuária, agricultura e abastecimento, como garantia de preços; gestão de Estoques Públicos e Armazenagem; estatísticas de mercado; preços dos insumos e informações setoriais de comercialização, Programa de Aquisição de Alimentos, entre outras.

Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.