SC registra em 2020 maior exportação de carne suína de sua história

Receita do maior produtor nacional cresceu 35% no ano passado
Maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina registrou em 2020 receita 35% maior com as exportações do produto, que chegou a US$ 1,2 bilhão, segundo o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), a partir de dados do Ministério da Economia. Foi o melhor resultado da história.
 
“Em 2021, apesar da alta nos preços dos insumos, a carne suína continuará favorável e nós seguiremos acessando mercados e aumentando o volume de exportações”, previu em nota o secretário adjunto de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo Miotto.
 
No último ano, Santa Catarina embarcou mais de 523,3 mil toneladas de carne suína para 67 países, principalmente China, Chile, Hong Kong e Japão. O Estado respondeu por 52% do total exportado pelo Brasil.
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.