Simental e Simbrasil: sumário de touros está disponível na internet

Publicação traz 1% dos melhores machos jovens e a emissão de dois novos Relatórios de Touros

A Associação Brasileira de Criadores das Raças Simental e Simbrasil (ABCRSS) disponibiliza a vigésima quarta publicação do Sumário de Touros das Raças Simental e Simbrasil, anuário que inclui os valores genéticos das duas raças.

A publicação está disponível no site da associação para consulta de todos os pecuaristas; clique AQUI.

“O melhoramento genético é um fator decisivo para os produtores ganharem em eficiência como também para que o Brasil melhore a qualidade de sua carne ofertada, especialmente com o cruzamento industrial”, analisa Alan Fraga, presidente da entidade.

Para editar o Sumário 2021, foram analisados 115,33 mil animais resultando em 93.105 machos e fêmeas de ambas as raças com Valores Genéticos ou Diferenças Esperadas de Progênie (DEPs) estimadas.

Com análise independente para cada raça, foram obtidas 77.935 DEPs para Simental e 15.170 DEPs para Simbrasil.

A edição envolveu a classificação de 344 animais, sendo 293 da raça Simental e 51 da raça Simbrasil, de acordo com a categoria, acurácia da DEP e a idade do animal.

“A possibilidade de identificar e selecionar 1% dos melhores machos jovens da raça simental e a emissão de dois novos relatórios de touros estão entre as novidades da 24a. edição do sumário”, afirmou o pesquisador Luiz Fernando Aarão Marques, docente da UFES, ES, responsável pela publicação ao lado de Henrique Nunes de Oliveira da UNESP, de Jaboticabal, SP.

No Relatório de Touros, é exigido acurácia mínima de 45% nas DEP funcionais de Efeito Direto (Desmama, Ano e Sobreano) e idade mínima de 5 anos (nascido até 31/12/2015) e 10 filhos, em pelo menos dois rebanhos; e que seja ativo, isto é, com pelo menos uma progênie nascida dentro dos últimos 5 anos. Os touros 10% superiores (DECA 1) em cada DEP são destacados nos Relatórios de Líderes Genéticos.

O Relatório de Touros Jovens exige que o candidato, com idade entre 2 e 5 anos, tenha pelo menos uma progênie nascida e analisada na base de dados da Avaliação Genética em curso. Os tourinhos 10% superiores em cada característica são identificados com estrela (*) ao lado da DEP.

O Relatório de Machos Jovens, inclui animais com idade até 2 anos e tem critério diferente (no caso, intensidade de seleção) para cada raça, uma vez que a distribuição das DEP difere de uma raça para outra. No Simental, é exigido que o animal tenha o valor de sua DEP Desmama entre os 1% superiores.

Para o Simbrasil, a exigência é que o Macho Jovem, classificado neste relatório, supere 80% da população (DECA 2) na DEP Desmama, efeito Genético Direto.

Segundo os organizadores, para esta edição, foram sugeridos dois novos relatórios (um para cada raça), que incluem touros (maior de 5 anos) com progênie situada em apenas um rebanho, vez que estes animais ainda não entraram no regime de coleta e inseminação artificial.

Fonte: Ascom ABCRSS

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

Cromo: Mineral essencial para bovinos de corte

O cromo é um dos principais minerais utilizados na nutrição de bovinos de corte em todas as fases da vida produtiva, e é reconhecidamente essencial para o organismo dos animais e humanos há mais de 40 anos.

Cromo: Mineral essencial para bovinos de corte

O cromo é um dos principais minerais utilizados na nutrição de bovinos de corte em todas as fases da vida produtiva, e é reconhecidamente essencial para o organismo dos animais e humanos há mais de 40 anos.

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.