RS deve registrar colheita recorde de soja com 19,7 mi de t

Estimativa da Emater/RS para as culturas de verão foi apresentada nesta terça-feira na Expointer, no município de Esteio

O Rio Grande do Sul deve colher 33,269 milhões de toneladas de grãos na safra 2019/20, 1,811 milhão de toneladas a mais que a última temporada. Se confirmada, a produção dos quatro principais grãos do Estado – soja, milho, arroz e feijão – representará um crescimento de 5,76% ante o ciclo anterior, quando foram colhidos 31,457 milhões de toneladas.

A projeção, primeira estimativa da Emater/RS para as culturas de verão, foi apresentada nesta terça-feira, 27, na Expointer, em Esteio. Segundo a entidade, os dados foram coletados entre 22 de julho e 7 de agosto em todas as unidades da entidade no Estado. O destaque da safra 2019/20 tende a ser a colheita de soja, que deve bater recorde de produção com 19,7 milhões de toneladas, 6,81% (ou 1,2 milhão de toneladas) a mais que o colhido na temporada passada.

A área a ser ocupada com o grão deve ser de 5,956 milhões de hectares (1,93% maior do que na safra 2018/19), e a produtividade deve registrar um aumento de 4,31%, a partir de um rendimento médio inicial de 3.315 kg/ha. A produção gaúcha de milho também deve registrar crescimento.

De acordo com a Emater, o Estado deve colher 209,3 mil toneladas a mais em 2019/20 (+ 3,65%), no total de 5,948 milhões de toneladas. A área a ser ocupada com o grão deve ser de 771.578 hectares (1% maior do que na safra 2018/19), e a produtividade, de 7.710 kg/ha, aumento de 2,58%.

Quanto ao arroz, a produtividade média inicial será de 7.813 kg/ha, segundo a Emater. Se confirmado, o resultado ficará 5,31% acima do obtido ano passado. Já a área plantada projetada, de 961.377 hectares, é 2,03% menor que o ciclo e a produção, de 7,510 milhões de toneladas, 4,71% maior.

Para o feijão primeira safra a Emater aponta plantio de 36,02 mil hectares em 2019/20, 1,74% menos que em 2018/19. A produção deverá ser de 62,67 mil toneladas (+8,30%). A área de milho silagem é estimada em 338.108 hectares (-0,56% ante 2018/19), com produção esperada de 12,527 milhões de toneladas na safra 2019/20 (-5,5% ante 2018/19).

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: