Menu
Menu

Sorriso lidera ranking do valor da produção agrícola em 2017

Segundo o IBGE, município atingiu a marca de R$ 3, 3 bilhões - 2,4% acima de 2016
Foto: Portal DBO.

Pelo terceiro ano seguido, Sorriso, MT, registrou em 2017 o maior valor de produção agrícola entre todos os municípios do País, com R$ 3,3 bilhões, 2,4% acima do valor registrado em 2016. Os dados são da pesquisa Produção Agrícola Municipal (PAM) 2017, divulgada nesta quinta-feira, 13, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o instituto, a soja é o destaque na agricultura de Sorriso. Dos 1,2 milhão de hectares colhidos em 2017, 620 mil eram de soja. “O estímulo para a produção de soja não veio do valor pago por tonelada, que foi, em média, R$ 1.000, 7,5% inferior ao ano anterior, mas do clima propício à produção, com chuvas abundantes e dentro da época esperada para o plantio”, diz o documento da PAM 2017, divulgado pelo IBGE.

A produção de soja no município mato-grossense saltou 109,4% em relação a 2016, para 3,8 milhões de toneladas, mas o valor caiu 0,2%, por causa da queda de preços provocada pelo aumento da oferta. Apesar da força da soja, a produção agrícola de Sorriso é diversificada. Segundo o IBGE, milho, feijão e algodão herbáceo também são destaque.
De acordo com o IBGE, desde a criação do Plano Real, em 1994, Sorriso figurou na lista dos dez maiores municípios em termos de valor da produção agrícola 23 vezes – ou seja, ficou de fora em apenas um ano. A cidade já ficou em primeiro lugar no ranking do valor de produção por 11 vezes. Com população estimada em 87.815 pessoas, Sorriso tem 9,3 mil quilômetros quadrados, seis vezes maior do que a capital paulista.

O segundo município de maior valor de produção agrícola em 2017 também fica em Mato Grosso: Sapezal. Apesar da segunda colocação no ranking, o valor de produção registrado, de R$ 2,6 bilhões, ficou 6,1% abaixo do registrado em 2016. Por lá, o destaque é o algodão, do qual Sapezal é o maior produtor nacional. Somente com o algodão, a cidade registrou valor de produção de R$ 1,3 bilhão, alta de 15,4% ante 2016.

Apesar do destaque de Mato Grosso na produção de soja, principal cultura da safra nacional, o maior valor de produção ficou no Sudeste, com R$ 91 bilhões. O Centro-Oeste registrou R$ 83,9 bilhões, atrás do Sul, com R$ 85,7 bilhões.

No Sudeste, o destaque é São Paulo, com valor de produção de R$ 53,1 bilhões em 2017, maior entre os Estados. Itapeva foi o município paulista com maior valor de produção, com R$ 874,3 milhões. Por lá, o destaque é a produção de soja. As principais lavouras de São Paulo são cana-de-açúcar e café arábica.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho