Suínos: embarques seguem firmes, mas preço interno cai

A oferta elevada de animais e a demanda doméstica enfraquecida têm derrubado as cotações no mercado independente de todas as regiões acompanhadas pelo Cepea

As exportações brasileiras de carne suína encerraram 2021 em volumes elevados e seguem registrando bom desempenho neste começo de 2022.

Pesquisadores do Cepea indicam que, mesmo diante do bom desempenho dos embarques, os preços do suíno apresentam forte queda nestas primeiras semanas de janeiro.

VEJA TAMBÉM | Suínos: cenário de incertezas deve impedir avanço maior no setor

A oferta elevada de animais e a demanda doméstica enfraquecida têm derrubado as cotações no mercado independente de todas as regiões acompanhadas pelo Cepea.

Do lado da oferta, as vendas abaixo das expectativas em dezembro fizeram com que produtores iniciassem janeiro com lotes de animais para abates represados. Na ponta final, o consumo tipicamente reduzido de janeiro se somou ao baixo poder de compra da população, reforçando o movimento de queda nos preços.

VEJA TAMBÉM | Arroba é negociada acima de R$ 330 neste início de ano

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.