Trigo: Tabelamento do frete pode elevar custo em até 30%

Frete representa atualmente o segundo maior custo da indústria moageira de trigo

Caso o tabelamento do frete seja aprovado, a medida deverá representar um aumento de custo de operação de 25% a 30% na indústria do trigo, segundo avaliação do presidente do Conselho da Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), João Carlos Veríssimo.

“Não nenhuma estatística sobre o impacto no setor, mas conversando com alguns dos nossos associados, as informações que temos são de um aumento de 25% a 30% no custo do frete caso seja aprovado o tabelamento”, disse Veríssimo. Segundo o executivo, o frete representa atualmente o segundo maior custo da indústria moageira de trigo e tem apresentado uma alta acima do observado no diesel e no pedágio.

+Caminhoneiros fazem manifestações no RJ e no PR a favor de tabela do frete
+Bolsonaro diz apoiar suspensão da tabela do frete
+CNA entra com liminar contra reajuste da tabela do frete

Veríssimo observa que, devido ao aumento dos custos, muitas empresas têm buscado investir em frota própria o que, no longo prazo, deve agravar a situação do setor de logística, reduzindo a demanda num cenário de excesso de oferta de frete. “Não é com medidas desse tipo que vamos resolver esse desequilíbrio. Pelo contrário, o que estamos vendo é que vai piorar a situação”, defende o presidente do Conselho da Abitrigo.

Ainda de acordo com Veríssimo, grandes empresas do segmento tritícola têm relatado um período de aprovação rápida para a compra de frota própria, de até duas semanas. “O frete pesa muito em custo e [se o tabelamento for aprovado] vai afetar o custo da cadeia e, provavelmente, o preço do produto final, e o reflexo para o setor [de frete] vai ser, provavelmente, muito pior do que é hoje”, afirma o executivo.

 

 

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.