Tendência indefinida para os preços internos do boi gordo

Na visão da Agrifatto, neste período de final de mês, o consumo de carne bovina é mais fraco devido ao menor poder aquisitivo da população

O Indicador do boi gordo Esalq/B3 abriu a semana com ligeira baixa, fechando a segunda-feira valendo R$ 158,35/@ em São Paulo (valor à vista), uma queda diária de 0,53%, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Com pequenas oscilações de preços tanto para baixo quanto para cima, o mercado do boi gordo segue sem tendência definida nas principais praças pecuárias do País.

Continue a leitura após o anúncio

Na visão da Agrifatto, neste período final de mês, o consumo de carne bovina é, sazonalmente, mais fraco, devido ao menor poder aquisitivo da população. Assim, diz a consultoria, se a oferta de animais se ampliar, pode haver pressão negativa sobre valor da arroba.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

Creep feeding, ferramenta multiuso

Técnica favorece desde desmama pesada até produção de boi-China a pasto

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.