Menu
Menu

Tereos sai de lucro para prejuízo líquido consolidado de R$ 401 mi em 2018/19

Resultado inclui as sete usinas de açúcar, etanol e bioenergia do Brasil e uma unidade em Moçambique

A Tereos Açúcar e Energia Brasil S.A. relatou prejuízo líquido consolidado de R$ 401 milhões na safra 2018/2019, encerrada em 31 de março, segundo balanço da companhia divulgado nesta sexta-feira. Com isso, a sucroenergética reverte o lucro de R$ 33 milhões obtido em 2017/2018. O resultado inclui as sete usinas de açúcar, etanol e bioenergia do Brasil e uma unidade em Moçambique.

A companhia relatou receita consolidada de R$ 3,07 bilhões em 2018/2019, 15,9% menor em relação à da safra anterior, de R$ 3,65 bilhões. De acordo com comunicado, a redução no faturamento foi por causa das “quedas nos preços do açúcar e etanol, além da estiagem sofrida durante a safra, gerando uma queda na colheita de cana”.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado na safra 2018/2019 foi de R$ 536 milhões, baixa de 44% ante o Ebitda ajustado de R$ 952 milhões na safra 2017/2018. Os investimentos em 2018/2019 somaram R$ 741 milhões, recuo de R$ 37 milhões, ou 4,8%, sobre os R$ 778 milhões da safra anterior.

Com dívida líquida total consolidada de R$ 3 bilhões, alta de 30,4% ante os R$ 2,3 bilhões no período anterior, a relação dívida líquida versus Ebitda ajustado saltou de 2,4 vezes para 5,7 vezes no encerramento de 2018/2019. A alta, segundo comunicado da Tereos Açúcar e Energia Brasil é fruto da alta do dólar, que puxou a dívida, além do recuo do próprio Ebitda ajustado.

Operacional

A Tereos Açúcar e Energia Brasil processou 17,9 milhões de toneladas de cana-de-açúcar em 2018/2019, 17,6 milhões de toneladas nas sete usinas do Brasil e o restante na usina de Moçambique. O volume representa queda de 13% sobre o total de 20,6 milhões de toneladas de cana-de-açúcar processadas em 2017/2018, um recorde da companhia.

A produção de açúcar Tereos Açúcar e Energia Brasil variou de 1,6 milhão para 1,4 milhão de toneladas, queda de 12,5% entre as safras. Já a oferta de etanol avançou 4,6%, entre os períodos, de 646 milhões para 676 milhões de litros. O teor de sacarose, medido pelo açúcar total recuperável (ATR) ficou estável, em 141,4 quilos de açúcar por tonelada de cana processada, segundo a companhia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho